quarta-feira, maio 31, 2006

Abençoada frutose!


Hum… que saudades que eu tinha destes desígnios da natureza. Não, não estou a falar de outros propósitos igualmente louváveis. Refiro-me, simplesmente, a frutas.
Finalmente chegaram as frutas da época. E aqui entre nós, que ninguém nos ouve, se há coisa que me dá um gozo tremendo é subir acima da cerejeira e comer até que o meu estômago ordene que pare, enquanto vou dando asas à minha imaginação… Ok, confesso que depois a dor de barriga não é propriamente agradável, mas nada que o organismo não resolva. É daquelas coisas que faço com todo o prazer. Mais do que qualquer miligrama de frutose que as cerejas encerrem, o melhor de tudo é aquele gosto inconfundível… Sim, se pudesse ser um fruto escolheria a cereja para encarnar. Lol! Mas na falta daquele ADN resta-me ir adocicando a boca.

Um comentário:

mimi disse...

poix e a cereja é um fruto tão erotico só falta uma taxa de cerejax e um gaju axim podre de bom pa t babarx ao verx ox doix xenariox milagroxox... xe calhar a xereija tb funciona cmo afrodisiaco e uma kextão d xpimentar!!! BJU