quarta-feira, novembro 29, 2006

A quase MaYa agradece-te... ;)

"Sara, não deixes de ser quem és. Tu tens uma necessidade tremenda de libertar essa ira que há em ti, numa ode, num orgasmo psicológico que anseia por se libertar. Uma necessidade que constrói a tua personalidade, que te faz neologar e consultar constantemente o ID para atingires esse clímax que tantas vezes alcanças. Eu sinto que te apetece gritar bem alto para o mundo e dizer tudo o que sentes, esquecendo o que o superego te manda, aliás, apetece-te quebrar esse superego, rasgar a membrana que te aprisiona ao terreno e deixar-te ser o "Isso". Pois, eu só te posso dar um conselho: sê-lo!" By AbelhinhO mor =)



O meu vivificado ego suplantou-se ao ler isto, e ainda se suplanta. Mais do que um sincero obrigado, isto é um agradecimento público e merecido. São palavras lidas, relidas e voltadas a ler, porque não estão em mim sendo eu. Uma a uma, gotejam-me e ao fazê-lo sabem bem. Muito bem. Ainda que o paladar não as tenha aninhado. Não interessa, pois são coesas e sentidas a fundo, bem cá dentro, onde o seu amontoado encontra um lugar não extorquido. Há pessoas que, efectivamente, fazem falta à própria existência.

Um comentário:

Samuel Gilberto disse...

Como prometido e com algum tempo de atraso aqui estou! Eu também me suplantei ao ler a transcrição de palavras minhas, é um auto e principalmente hetero-enaltecimento do meu ser, faz-me sentir bem como se tivesse tomado um duche e lavado os elementos ataráticos, por vezes pérfidos do ego, pensando que vale a pena tudo o que faço. Sim, eu rasgo-me! É tão bom libertarmo-nos do mundo e sermos nós, fazermos as coisas mais inesperadas que antíticamente as pessoas já estão à espera por sermos nós! NÓS! Únicos! Insubstuíveis! E assim eu vou esperando pelo produto do teu ID para poder dizer "não estava à espera", ou pelas danças no terúlia :p, também elas inesperadas, mas por sermos nós, quem lá estava já estava à espera! lol. E termino com a citação do início do meu próprio texto: "Sara, não deixes de ser quem és". beijos